A Modelagem 3D e os Efeitos Visuais no Cinema

Modelagem 3D

Muitos apaixonados por cinema, inclusive eu, também são apaixonados por efeitos visuais. Através deles, conhecemos novos mundos e seres fantásticos, bem como voltamos ao passado, ou ainda fazemos uma visitinha ao que pode vir a ser nosso futuro. O tema efeitos visuais já é recorrente aqui no Café, se quiser relembrar os posts clique aqui e aqui. Porém, desta vez vamos nos aprofundar um pouco: conheça uma das principais ferramentas usadas na criação destes efeitos, a modelagem 3D.

“Mas o que é modelagem 3D afinal?” Pense em modelagem como o ato de esculpir algo, um modelo 3D é como uma escultura digital, que possui altura, largura e profundidade, ou seja, três dimensões.

Um pouco de história

Talvez o nome Edwin Catmull não signifique nada para você, mas este é nada menos que o nome de um dos pioneiros da tecnologia 3D e fundador da Pixar, talvez o estúdio de animação mais respeitado do mundo. Em 1972 o Sr. Catmull, junto com outros pesquisadores, criou a animação que você viu acima, este modelo de uma mão é uma das primeiras renderizações 3D da história. Renderização, ou render, é o nome dado ao processo de “impressão” dos dados matemáticos (que o computador usa para representar o modelo 3D) em uma imagem visualizável por nós humanos. Por mais simples que pareça, esta mão foi um marco na história da animação e da modelagem 3D, abrindo caminho para a evolução da tecnologia.

Quase 10 anos mais tarde, temos o primeiro filme comercial com um modelo humano totalmente modelado e renderizado em 3D, a personagem Cindy do filme Looker, em 1981.

Apesar dos avanços, o filme foi ofuscado por outro título lançado poucos meses depois: Tron. Produzido pela Disney, Tron obteve uma grande visibilidade devido a quantidade massiva de computação gráfica utilizada para a época.

1982 foi um bom ano para a computação gráfica, no mesmo ano em que Tron foi lançado, temos a primeira sequência inteiramente produzida digitalmente, no filme Star Trek II: A Ira de Khan, na cena em questão temos cenários tridimensionais gerados por fractais e também a renderização de partículas.

Avançando para os anos 90, mais precisamente em 1991, O Exterminador do Futuro 2 nos presenteia com um dos efeitos mais memóraveis do cinema, e que lhe rendeu um Oscar de melhores efeitos visuais, trata-se do antagonista, o exterminador feito de metal líquido e capaz de mudar de forma, este também foi o maior uso do efeito “morphing” (quando algo se tranforma em outra coisa gradualmente) em um filme até então. Já em 93, outro marco, Jurassic Park surpreende ao recriar, usando animatrônicos e computação gráfica, as criaturas mais realistas que o cinema havia visto, e o filme envelheceu bem, até hoje seus efeitos são considerados excelentes. Veja abaixo um pouco do trabalho por trás deste clássico:

E não podemos falar de modelagem 3D sem citar Toy Story, o primeiro longa da Pixar, estúdio fundado por Ed Catmull (lembra dele?), também é considerado o primeiro longa metragem criado inteiramente em computação gráfica. Lançado em 1995, há controvérsias se ele é realmente o primeiro, uma vez que o longa Cassiopéia estava sendo produzido no mesmo período, porém é inegável o sucesso que Toy Story obteve, sendo uma das animações mais amadas do cinema, e tornando a Pixar um dos mais respeitados estúdios de animação do mundo.

Toy Story

Claro que estes são apenas alguns exemplos dos pioneiros, a qualidade técnica e beleza dos modelos 3D que povoam o universo cinematográfico atual só aumenta, filmes como O Senhor dos Anéis, Avatar, Transformers, As Aventuras de Pi, Círculo de Fogo e muitos outros, são exemplos claros da importância que esta tecnologia possui. Hoje a modelagem 3D e a computação gráfica em geral desempenham um papel fundamental não só no cinema como em outras áreas também, como propaganda, arquitetura, engenharia e indústria automobilística.

Modelagem 3D

Por mais que pareça inacessível entrar neste mercado, basta um pouco de esforço e estudo, e você será capaz de dar seus primeiros passos neste maravilhoso mundo do 3D, comece aprendendo um software, existem muitos e um deles certamente irá te consquistar. Quem sabe você não pode ser o próximo Catmull?

post patrocinado

Loading...